O que está acontecendo com o veganismo? | Ecoativismo

“O que está acontecendo com o veganismo?”, gritou a senhora branca, que mora no bairro com o segundo metro quadrado mais caro de São Paulo. Foi na época de eleições, e ela me disse que faria de tudo para que o PT não voltasse ao poder, mesmo que “alguns tivessem que pagar mais caro por isso”. É, alguns estão pagando mais caro por isso, dona. E não são os seus.

Em março deste ano, escrevi um artigo me colocando criticamente favorável ao entendimento do STF sobre o sacrifício de animais em cultos religiosos. O projeto foi criado em berço racista, no qual pessoas majoritariamente negras de religiões de matriz africana seriam perseguidas pela máquina do Estado. Não era sobre direitos dos animais coisa nenhuma, era sobre genocídio preto! Depois da eleição, esse episódio foi o segundo divisor de águas dentro do movimento.

Nesta sexta (11), o núcleo da SVB em Recife encerrou o projeto em repúdio às atitudes autoritárias da SVB Nacional. Não é de hoje que ativistas denunciam as práticas dessa ONG, que escolheu se aliar a empresas que violam direitos das trabalhadoras, poluem a Terra e torturam animais em laboratórios. Queriam tornar invisíveis os divergentes, mas não podem impedir a insurgência popular e a circulação de informações.

Total apoio às ativistas nordestinas que deram uma resposta aos caras daqui do Sudeste que se acham donos do movimento. Não existe veganismo se ele não for popular, democrático e não andar ao lado de outras lutas. Não se resolve uma coisa agora para resolver a outra depois, é preciso atacar a raiz de todos os problemas.

E cara senhora que mora no segundo metro quadrado mais caro de São Paulo, em resposta à sua indagação, digo: Acontece que o veganismo despertou para o seu lado mais radical, aquele em que se aprofunda dos problemas, que olha para os lados e não para a própria sombra. Que enxerga essas divisões como processo de (des)construção, onde as rachaduras foram criadas por um sistema que continua gerando desigualdades para a manutenção dos privilégios de alguns.

Então, já passou da hora de nos subvertermos! O Nordeste mostrou o caminho nas eleições e está mostrando o caminho dentro do movimento hoje…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s