MP obriga Vale a resgatar animais atolados em Brumadinho; veja como será o resgaste

Dois dias após o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão na cidade de Brumadinho, Minas Gerais, o Ministério Público de Minas Gerais acatou pedido de liminar do deputado estadual Noraldino Júnior (PSC/MG) que obriga a Vale a montar planos de resgate dos animais atingidos pelos rejeitos.

SAIBA COMO AJUDAR AS VÍTIMAS EM BRUMADINHO

Uma base de apoio foi montada ao lado do quartel-general do Corpo de Bombeiros, mas com a recusa do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, em oferecer aeronaves do estado para ajudar a salvar os animais, o deputado Noraldino Junior entrou com uma liminar no MP para garantir os resgates dos animais não-humanos. A liminar foi aceita no sábado (26).

“Existem muitos animais agonizando em meio à lama, razão pela qual buscamos uma liminar na Justiça para assegurar que a Vale contrate imediatamente equipe e equipamentos capazes de resgatar todos estes animais, permitindo que o Corpo de Bombeiros dê prioridade às vidas humanas”, comentou Noraldino.

Macaco sujo de rejeitos da Vale. (Imagem: Reprodução/Record TV)

Profissionais ligados ao Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais aguardam liberação da área e das estradas próximas, que foram restritas pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, para começar o resgate de animais atingidos pela catástrofe.

Desde a tarde de sexta-feira, ativistas e profissionais veterinários tentam salvar animais atolados na chamada “área quente”, onde o mar de rejeitos devastou casas, plantações, matas e locais onde ficavam os animais. Também há o risco da barragem VI do complexo Mina Córrego do Feijão romper, o que deixa a situação da área de buscas ainda mais delicada.

CASEIRO ARRISCA VIDA PARA SALVAR GALINHAS EM BRUMADINHO

Segundo informações de profissionais veterinários que sobrevoaram a região, a maioria dos animais é de pequeno porte, como peixes e anfíbios, mas existe um número incalculado de galinhas, cães, vacas, bois, cavalos, entre outros, que estão presos nos rejeitos.

A Vale informa que cedeu 1 helicóptero para as equipes de busca e resgate de vítimas humanas e não-humanas, mas não confirmou se algum animal foi resgatado até o momento. Santuários próximos a Brumadinho disponibilizaram suas propriedades para acolher os animais resgatados.

O CRMV/MG pede apoio de profissionais voluntários para auxiliar nos resgates dos animais, assim que a área for liberada pelas autoridades. Segundo relatam os veterinários no local, a empresa assumiu os custos das operações de resgate dos animais.

Vítima dos rejeitos em Brumadinho. (Imagem: AFP)
Anúncios

4 comentários sobre “MP obriga Vale a resgatar animais atolados em Brumadinho; veja como será o resgaste

  1. Pingback: É falsa a notícia de animais sendo abatidos a tiros em Brumadinho – Boletim Vegano

  2. Pingback: É falsa a notícia de boi resgatado por militares israelenses em Brumadinho; animais continuam presos – Boletim Vegano

  3. Pingback: Manifestantes realizam atos com lama e indignação nos endereços da Vale no Rio e SP; veja imagens – Boletim Vegano

  4. Pingback: Luisa Mell em Brumadinho: “Tantos animais sofrendo e estou impedida de ajudar” – Boletim Vegano

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s