Coelhos foram tingidos para serem vendidos na Páscoa

A prática de vender coelhos na temporada de Páscoa continua por todo o país e causa muito sofrimento para diversos animais que comumente são vítimas de abandono

Internautas denunciaram dois perfis que vendiam coelhos coloridos como ‘presente diferente’ para a Páscoa. (Foto: Reprodução/Facebook)

Duas denúncias de maus tratos aos animais estão circulando nas redes sociais e que mostram coelhos, entre eles filhotes, que aparentemente foram tingidos para ficarem coloridos e serem vendidos como presente para crianças na temporada de Páscoa. Em uma das fotos, uma criança aparece segurando um dos coelhos tingidos de rosa. O Boletim Vegano entrou em contato com os acusados e apurou a veracidade das denúncias.

Em uma das postagens, é possível ver a publicação feita em um grupo de vendas no Facebook, onde coelhos coloridos foram anunciados como ‘presentes diferentes para a Páscoa’. O perfil que anunciou a venda dos coelhos coloridos é da cidade de Paranavaí, no Paraná. Segundo conseguimos apurar, a mulher que vendia os coelhos na internet pedia R$ 50,00 por animal. Após as denúncias circularem nas redes, ela decidiu parar com a comercialização dos coelhos.

Outra denúncia partiu da cidade de Marilândia do Sul, também no Paraná. A publicação mostra fotos de filhotes de coelhos coloridos, com preço sugerido de R$ 70,00 por filhote. O perfil é de um homem que se diz passeador de cães. Em sua página na mesma rede social é possível ver diversas fotos de animais, entre eles cachorros, roedores e pássaros. Há também um anúncio onde o nome dele aparece confirmando que trabalha com venda de filhotes e aves ornamentais.

Anúncios de vendas de animais tingidos em redes sociais. (Foto: Reprodução/Facebook)

A venda dos animais não é proibida no país, mas tingir a pelagem de coelhos pode ser configurado como maus tratos, pois geralmente as tinturas utilizadas no processo são tóxicas aos bichinhos. Muitas crianças pedem para os seus pais comprarem os coelhos na temporada de Páscoa, sendo fácil encontrar os mamíferos espalhados por diversas lojas de pets pelo país. E o que acontece quando a Páscoa acaba? Não é raro o abandono dos animais por desinteresse das crianças pelos bichinhos e pela falta de empatia e vontade dos pais de assumirem as responsabilidades pelas vidas dos animais.

Atos de abuso e de crueldade devem ser denunciados à polícia. A autoridade policial iniciará uma investigação do que em tese pode ser um crime ambiental. Em casos mais urgentes ou por demora na investigação e/ou abertura de boletim de ocorrência, você pode procurar o Ibama (Telefone: 0800 61 80 80).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s